Odkaz jsme Vám odeslali na email.

Nepodařilo se nám odeslat odkaz na váš email. Zkontrolujte, prosím, Váš email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Online nápověda

GEO5

Stromeček
Nastavení
Produkt:
Program:
Jazyk:

Teoria do Assentamento

Se se verificarem alterações da tensão no solo ou na estrutura, devido a sobrecargas superficiais, é possível determinar a deformação do solo. A deformação do solo é, geralmente, inclinada e a sua componente vertical é definida como o assentamento. Em geral, os assentamentos são não estacionários e dependentes do tempo, o que significa que não acontecem imediatamente após a introdução da sobrecarga, mas que dependem das características de consolidação do solo. Solos permeáveis e com menor compressibilidade (areia, cascalho) sofrem deformações rapidamente, enquanto que solos argilosos com pouca permeabilidade sofrem deformações graduais, conhecidas como consolidação.

Assentamento dos solos em função do tempo

As cargas aplicadas originam assentamentos que podem ser subdivididos consoante a sua resposta temporal, em três componentes diferentes:

  • Assentamento instantâneo (inicial)
  • Assentamento primário (consolidação)
  • Assentamento secundário (depressão)

Assentamento instantâneo

Durante o assentamento instantâneo, o solo apenas experimenta deformações de cisalhamento resultantes da variação de forma de forma sem deformação volumétrica. A perda de pressão nos poros do solo é nula.

Assentamento primário

Esta fase da deformação do solo é caracterizada por deformação do esqueleto devido ao movimento e compressão de partículas provocados por variações de volume. Se os poros estiverem preenchidos com água (especialmente no caso de solos com pouca permeabilidade), a água será transportada desde poros espremidos para locais com menor pressão (o solo será alvo de consolidação). O assentamento por consolidação primária é dependente do tempo e termina ao atingir o ponto de pressão nos poros nulo.

Assentamento secundário

Quando a consolidação primária termina, a deformação do esqueleto deixa de alterar a pressão nos poros (teoricamente, para um tempo infinito). Com o aumento da pressão, as partículas podem ficar tão comprimidas que se podem deformar entre elas próprias e o volume continua a variar - este processo é conhecido como deformação por depressão do esqueleto ou consolidação (assentamento) secundária. Ao contrário da consolidação primária, a consolidação secundária dá-se sob o efeito de tensão efetiva constante. Particularmente no caso de solos moles plásticos ou espremidos, a consolidação secundária não deve ser desprezada - no caso de solos sobreconsolidados, pode representar cerca de 10% do assentamento total e para solos normalmente consolidados pode chegar a cerca de 20%.

Vyzkoušejte si programy GEO5. Zdarma, bez výpočetních omezení.